São José do Rio Claro (MT), 31 de março de 2020 - 07:58

? ºC São José do Rio Claro - MT

Nova Maringá

Por: Marcos Stamm 15/10/2019 18:18

Lideranças de São José e Nova Maringá recorrem a deputado por mais segurança na região

Dilmar Dal Bosco, líder do governo na Assembleia, intermediou reunião com secretário Alexandre Bustamante para tratar de ações futuras

Lideranças de classe, empresários e políticos de São José do Rio Claro, Nova Maringá e Brianorte recorreram ao líder do governo na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado Dilmar Dal Bosco (DEM), por mais segurança na região e se reuniram esta tarde com o secretário de Estado de Segurança, Alexandre Bustamante, cobrando solução para os problemas atuais.

Crimes como roubos de defensivos agrícolas, de veículos e até assaltos a mão armada no comércio dos dois municípios e do distrito tornaram-se frequentes nos últimos dias. Na segunda-feira (14), no início da noite, um posto de combustível em São José do Rio Claro foi assaltado por um bandido armado e sem capuz, que chegou sozinho e levou todo o dinheiro do caixa. Na última sexta-feira (11) outro posto de combustível do município sofreu o mesmo crime.

"A situação está, realmente, complicada na nossa região. Temos nossas atividades e compromissos em nossos trabalhos, mas quando conseguimos a agenda em Cuiabá, largamos tudo e fomos conversar e expor nossos problemas, porque precisamos muito de uma resposta da polícia. Nos unimos, independente de bandeira política, e fomos buscar uma solução", afirmou o presidente da Associação Agropecuária de São José do Rio Claro, Jean Kerkhoff.

O secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, se comprometeu em dar uma resposta à sociedade no curto prazo e apresentou aos visitantes o projeto de instalação de câmeras de segurança para serem integradas à central que existe na capital. A intenção é instalar as câmeras de vídeo monitoramento nas saídas dos municípios para identificar, pela placa, veículos roubados ou suspeitos de serem usados em crimes.
"Desta forma, cercamos as saídas dos municípios e conseguimos saber para onde os criminosos foram. Se não passar por estas saídas, sabemos que eles estão na cidade. Aí é com a polícia", explicou Bustamante.

O secretário propôs parceria do Estado com os municípios para aquisição das câmeras, que custam aproximadamente R$ 60 mil. A compra pode ser feita por Prefeituras, Câmara Municipais, Associações e até mesmo por empresas. A manutenção e a vigilância são de responsabilidade do Estado.
O presidente da Câmara Municipal de Nova Maringá, Geraldo Destefani Neto (PSDB), prepara uma audiência pública sobre o tema no município par ao dia 31 deste mês e prometeu levar a sugestão de Bustamante para os demais parlamentares. A intenção dele é utilizar as emendas impositivas para implantar o sistema na cidade.

O deputado Dilmar Dal Bosco reforçou o compromisso em atender a região e se colocou à disposição para outras iniciativas. "A grande preocupação é com a onda de insegurança. Tenho certeza de que o governador Mauro Mendes, que o vice-governador Otaviano Pivetta e que o secretário Bustamante estão sensíveis aos problemas e que logo vamos dar uma resposta para restaurar o ar de harmonia na região", concluiu o parlamentar.

 


Mega Notícias

Mega Notícias tem como objetivo primeiro o de Informar com ética, isenção e profissionalismo tudo o que acontece.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo