São José do Rio Claro (MT), 15 de janeiro de 2021 - 18:40

? ºC São José do Rio Claro - MT

Política

Folha Max 17/04/2020 14:59

Bancada de MT lamenta saída de Mandetta

Com trabalho reconhecido frente à pandemia da covid-19, Luiz Henrique Mandetta (DEM) foi demitido nesta quinta-feira (16) pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), mas goza de popularidade e de apoio da bancada federal. A maioria dos deputados e senadores de Mato Grosso fizeram questão de elogiar o trabalho do ainda ministro. 

Líder de bancada, o deputado Neri Geller (Progressistas) disse que o ministro conseguiu manter uma relação de confiança com a sociedade brasileira. 

Dr. Leonardo (Solidariedade) disse que é temerosa uma troca neste momento, mas destacou que vai empenhar os esforços necessários para superar o momento. 

A deputada Rosa Neide (PT) foi mais dura e disse que "a queda do ministro no meio de uma pandemia, é no mínimo falta de responsabilidade do presidente da República". A petista faz oposição ao presidente Jair Bolsonaro. 

O deputado federal Emanuelzinho (PTB) disse que acha temerária a troca de um ministro técnico, num momento crucial como este. "Mas é algo que compete exclusiva ao presidente da República e torço para que seja um decisão acertada que frutifique na proteção da vida de todos os brasileiros!", disse. 

O deputado federal Juarez Costa (MDB) prestou solidariedade ao ex-ministro e lembrou que ele trabalhou focado no que era melhor para o povo. 

José Medeiros disse que Mandetta não é mais ministro e no Twitter chegou a fazer enquete para saber se a decisão do presidente foi ou não acertada. Medeiros enalteceu o currículo do novo escolhido por Bolsonaro, o médico Nelson Teich. 

Os deputados federais Nelson Barbudo (PSL) e Carlos Bezerra (MDB) não comentaram a saída de Mandetta do Ministério da Saúde. 

Entre os senadores por Mato Grosso o senador Wellington Fagundes (PL), do DEM, agradeceu o trabalho dele no Ministério e aos recursos enviados pelo ministro ao estado. "Agradeço ao Luiz Henrique Mandetta pelo trabalho que desempenhou à frente do Ministério da Saúde, a postura com que conduziu as ações diante da pandemia do covid-19 e aos recursos destinados para Mato Grosso – cito os recursos para santas casas de Rondonópolis e Cuiabá, hospitais filantrópicos, conclusão do hospital e pronto socorro de Cuiabá e recursos para Governo do Estado e municípios. Desejo êxito ao novo ministro, Nelson Teich, e espero que a pasta continue seguindo os procedimentos e às recomendações técnicas científicas", disse. 

O senador Jayme Campos, que é do mesmo partido do ex-ministro, postou um vídeo do DEM em homenagem ao ministro e disse que Mandetta é um dos homens públicos mais competentes dessa geração. Tem sido um guerreiro na luta contra o novo coronavírus. 

A senadora cassada Selma Arruda (Podemos) não se pronunciou sobre a saída de Mandetta do cargo.


Mega Notícias

Mega Notícias tem como objetivo primeiro o de Informar com ética, isenção e profissionalismo tudo o que acontece.

Redes Sociais

Crie seu novo site Go7
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo